sábado, 31 de janeiro de 2009

Seeta aur Geeta

Este divertido filme de 1972 começa com um casal rico que dá à luz duas meninas gémeas na casa de uma família pobre que não pode ter filhos.
Após o parto, a senhora pobre decide "pedir emprestado" um dos bebés ao casal rico, pois considera que não lhes fará falta mais uma menina. E assim se dá a separação de duas irmãs, Seeta e Geeta, logo à nascença.

Seeta (Hema Malini) fica orfã e é criada pelos tios numa autêntica história da Cinderela. A tia bate-lhe, obriga-a a ser criada do resto da família e fica com o dinheiro da herança de Seeta para si. Seeta, sendo timída e obediente, sofre calada todas as humilhações possíveis.

Entretanto, Geeta vive como saltimbanca actuando na rua com o seu amigo Raka (Dharmendra) e, dentro do melhor espiríto cigano, não aceita desaforos de ninguém.

Ao longo do filme, acontece uma troca e Seeta vai morar com a senhora pobre que criou a sua irmã e aí conhece o verdadeiro significado do amor familiar.

Como dá para imaginar, Geeta vai parar à casa da família rica e, como se de um filme de blaxploitation se tratasse, põe-nos rapidamente na ordem, dando-lhe chapadas como se não houvesse amanhã.

Ainda que não seja particularmente original, Seeta aur Geeta é muito divertido e acompanhado por uma banda-sonora excelente, cortesia do grande RD Burman.

Hema Malini está fantástica, oscilando entre a recatada Seeta e a fogosa Geeta com grande naturalidade.

Seeta aur Geeta vai agora ser adaptado ao pequeno ecrã, estando já planeada uma série de 208 episódios. Chamando as coisas pelos nomes, vem telenovela a caminho!

5 comments:

Ibirá Machado disse...

Eu acho fantásticas essas suas postagens desses filmes antigos! Você aluga eles nessa famosa loja aí no Porto?

barbarella disse...

Pois é, estes filmes antigos são o máximo! E a música então!

Aqui no Porto dá para comprar por 10 euros (equivalente a 29 reais) mas em Lisboa, onde as lojas de artigos indianos abundam, custam apenas 5 euros.

Ibirá Machado disse...

Ah! Aqui em São Paulo lojas de artigos indianos também abundam, mas não a venda de filmes! Simplesmente NÃO HÁ filmes indianos à venda nessas lojas, mas sim roupas, incensos, enfeites etc... é uma pena... nem sequer para alugar em locadora de filmes não é possível encontrar filmes indianos por aqui. Ou no máximo um ou outro, sobretudo se de Mira Nair e Deepa Mehta - que acabam não sendo consideradas produções indianas de fato.

Mas ainda bem que existem programas como Emule e uTorrent!!!

Carol disse...

Esse filme é TÃO engraçado! Ri muito quando a Hema chicoteou o tio! Ela é a vida do filme, merece todas as glórias.

Dharmendra tão lindinho...menos lindinho que em Sholay, mas sempre lindinho!

barbie-o disse...

Sim, isso foi completamente épico!! Também adorei :P

Related Posts with Thumbnails
 
Template by suckmylolly.com - background image by mjmj lemmens